Boné Tudo sobre esse acessório sua história

Bonés são peças bastante conhecidas e utilizadas de vestuário, que atendem a uma estrutura característica para realizar a cobertura da cabeça, e apresentam certas especificidades e muitas variáveis.




O que são bonés?


 

Bonés são peças bastante conhecidas e utilizadas de vestuário, que atendem a uma estrutura característica para realizar a cobertura da cabeça, e apresentam certas especificidades e muitas variáveis. Introdução primeiramente pensada para ser posicionada sobre os olhos e projetar sua sombra no rosto. Esta é uma estrutura relativamente rígida e moldável,


Podendo ser feita de materiais sintéticos, tipo o plástico. Sua curvatura também é elemento que determina o modelo do boné. A aba fica ligada à base (ou corpo), parte que se acomoda ao formato da cabeça humana. Hoje, os bonés são fabricados pela indústria têxtil em larga escala ou de forma manufaturada.
 

Sua idealização possibilita reunir, a partir de inúmeras combinações, diferentes tecidos, texturas e estampas, bem como cortes, forros, cores, acabamentos e fechamentos.


O uso deste tipo de artigo foi concebido a partir da exposição do homem aos fenômenos da natureza: quando o ser humano começou a ampliar suas formas de interagir com ela e perceber alguns dos efeitos que esta é capaz de produzir no corpo – a partir do vento, da chuva, da exposição ao frio e ao sol.

 



boston-red-sox


Por que uso de bonés?



Assim, se deu conta de que precisaria criar recursos que tornassem mais favorável essa interação. Podemos pensar que a criação do boné derivou deste tipo de acontecimento, da necessidade de proteger o corpo. Basta pensar nas diversas situações em que, naturalmente, temos o impulso ou o costume de cobrir a cabeça. Referências registradas na História falam da invenção de artigos que deram origem às peças que conhecemos hoje como chapéu e boné.
 

Elas nos remetem a dois mil anos antes de Cristo (2000 AC), citando as civilizações Romana, Grega e Egípcia como as primeiras a lançar mão do uso de um recurso que vestisse esta parte tão poderosa e vulnerável de nós.


Uma espécie de chapéu de aba larga era usada por trabalhadores rurais e viajantes, em versões feitas com palha ou feltro de lã, e ficou conhecida como Pétaso (o nome tem origem grega, segundo qualquer dicionário que se queira consultar). É considerado um ancestral do boné contemporâneo, em função de ter a copa arredondada.


Podemos pressupor que habitantes de épocas ainda mais remotas já faziam uso rudimentar de materiais de origem vegetal ou animal para cobrir o corpo – e que não deviam ser tão agradáveis como os bonés de hoje. A organização da sociedade em classes se refletiu também no que se utilizava para a confecção das peças. Daí se pode extrair uma noção sobre a disponibilidade das matérias-primas para certas regiões, ofícios e pessoas. Uns eram feitos de materiais mais duráveis, outros que poderiam sucumbir mais facilmente.


O mesmo se pôde observar na preferência dos cortes, estilos e formatos de bonés mais comumente adotados por grupos ou representações. É muito fácil identificar essa relação apenas pensando na cena medieval: assim como as coroas estavam para os reis, os elmos para os guerreiros, as mitras para os clérigos ou sacerdotes, a palha ou tecidos mais rústicos estavam para os camponeses.

 





E o que dizer dos turbantes?



bandanas, toucas e outros apetrechos que se fazem presentes em diversas culturas? Além de sua funcionalidade, estes acessórios de cabeça que muitas vezes ultrapassam a classificação de acessório, trazem consigo fortes expressões culturais. Alguns contam histórias ou tem exploradas diferentes simbologias, inclusive nas artes, que dão vida, alma e poderes a objetos inanimados.


Assim como na mágica, onde coelhos são tirados da cartola, e tudo pode acontecer, todos estes artefatos representam muito mais do que apenas um objeto de “vestir”, inclusive o boné. São itens que afirmam ideologias, marcam referenciais de beleza, política, economia, e cada qual cravou seu momento na história da humanidade, em diferentes períodos.

 


 

psg


Como os bonés se tornaram popular?


 

Os bonés se tornaram muito populares quando se espalharam do ambiente rural para tantos outros contextos. O uso dos bonés foi promovido a um novo status quando passou a figurar como uniforme dos atletas do Baseball, esporte que se tornou popular nos EUA do século XIX. Assim como todo esporte que passa a receber atenção e investimentos, o basquete também revelou estrelas que influenciaram o comportamento das massas com seus estilos.

 

Curiosidade os Bonés na moda.


Além de poder proporcionar conforto, estilo e até mesmo proteção, não é a toa que o boné caiu nas graças da Moda, se transformando num objeto pessoal de grande estima. Afinal, o boné se trata de um item indispensável no guarda roupas de qualquer pessoa – seja por questões objetivas ou subjetivas, servindo a todos os gêneros, orientações, idade, profissão, estilo, classe social e etnia.

 

Rhiana boné

 

A maior prova disso é a variedade de materiais e formatos dos bonés disponíveis no mercado, atendendo a todos os gostos. E ainda assim não podemos esquecer que, mesmo com toda a diversidade de modelos já prontos, ainda é possível customizar ou personalizar os seus bonés. E o melhor, não apenas criando tendências, mas inclusive, fugindo delas quando isso é uma forma de exercer sua criatividade.

 


Qual a origem ao boné?



O que deu origem ao boné foi uma necessidade de melhorar a forma como as pessoas desempenhavam suas atividades cotidianas, mas atualmente isto não delimita o seu uso, ao contrário.
 

Graças a sua versatilidade é possível associá-lo aos mais variados contextos e adaptá-lo ao gosto pessoal. Hoje os meios de produção seguem se adaptando e se aprimorando junto às tecnologias, para atender a demandas e aos novos conceitos que surgem.
 

Logo, se passou a utilizar o boné para comunicar, divulgar,gerar relações sendo um veículo ou outdoor ambulante de marcas. E seu uso é amplamente praticado pelos mais variados segmentos. A seguir, confira um pouco mais detalhes sobre as situações em que o uso do boné pode fazer a diferença. Leia também um pouco mais sobre os materiais utilizados para confecção, dicas de como, onde e porquê de ter um boné sempre à mão.
 

Saiba um pouco mais sobre os modelos que surgem e influenciam o modo de se vestir mundo afora, tendências de moda e mais um monte de curiosidades e informações relacionadas ao universo dos bonés.

 

 

Pague com
  • Pix
  • PagSeguro V2
Selos
  • Site Seguro

Agrafisil - CNPJ: 27.149.094/0001-11 © Todos os direitos reservados. 2022


Para continuar, informe seu e-mail

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade