Lista de filmes de dança de rua hip hop break dance rap.


Quais os filmes que fizeram sucesso com a street dance?
 

Esse post vem trazer uma seletiva “bem feitinha” de produções do cinema que souberam captar a essência da dança de rua e do movimento hip hop, exaltando a força e a energia do gênero. O breakdance dos anos 80 foi um fenômeno que efervesceu na cena urbana, com um conjunto de expressões corporais características não apenas do ritmo, mas de um movimento. E sua capacidade de envolver e fascinar foi logo parar nos cinemas.

Estão prontos para uma viagem no tempo? Fizemos um top “five” filmes antigos e um top “five” de filmes mais recentes, comentados, seguido de uma lista complementar para você assistir, entrar no clima dos bboys e bgirls e, mexer o esqueleto treinando em casa!

 

Bora viajar ao passado?

 

 

TOP 5 FILMES ANTIGOS COM DANÇA DE RUA

 

O #top1breakraiz da nossa lista é um drama musical de 1985, intitulado Rappin. O filme é estrelado por Mario Van Peebles, que interpreta o jovem chamado Rappin (John) Hood. Após deixar a prisão, Rappin retoma sua vida e redescobre os desafios do seu círculo social: proteger o irmão do crime, desviar das gangues rivais, ajudar a vizinhança e ir atrás de seus sonhos envolvendo a música. Há romance também na trama. Confere aqui o trailer.

 

 Filme de dança dos anos 80

 

Assim como a primeira indicação no #top1, o #top2breakdasantigas eleito aqui é Breakin´, dirigido por Joel Silberg e que também tem a presença do ator, cantor e rapper americano Ice-T (na raiz do movimento hip-hop desde os anos 80).

Os enredos dos dois filmes não se cruzam, nem seus personagens. Breakin´ traz uma jovem dançarina, chamada Kelly, que é seduzida pela dança de rua e deseja aprender a arte. A novidade acaba trazendo amigos, que juntos, pretendem introduzir o estilo de dança a outros patamares que a consideram um estilo inferior.

A obra musical foi a público em 1984. Além disso, o destaque vai para a trilha sonora, contendo a canção “There no stoping us” de Ollie e Jerry, que ficou nas paradas da época da Billboard 100 por uma semana!

 

Sequência de cenas do filme Breakin´(1984)

 

Na posição #top3releiturabboys a gente traz o longa Delivery Boys (1985)  traduzido como Os garotos do break. A história gira em torno de uma gangue de garotos que trabalham como entregadores de pizza e que acabam formando um grupo de dança (originado sob a ponte do Brooklyn), para participar de uma competição.

A produção teve Ken Handler como escritor, diretor e compositor de grande parte da trilha sonora. Não sabe quem é o Ken? Bem, Ken foi o rapaz que inspirou o boneco Ken, da Barbie, já que seus pais eram criadores da empresa Mattel.

A indicação é bastante contrastante com as duas anteriores, já que há uma notável escassez de dançarinos negros neste filme. Se assistir, deixe sua análise sobre isso pra nós!



Filme street dance

 

 

Cena do filme Delivery Boys (1985)

 

O filme escolhido para figurar no #top4viagemaocentrodobreak é Beat Street, um ícone da inserção da cultura hip hop no cinema e o responsável por abrir caminhos no pensamento e na cultura de outros países, como na Alemanha, inaugurando a recepção do conjunto da obra além das fronteiras dos EUA.

Ele foi filmado todinho na Nova Iorque de 1983 e lançado em 1984, trazendo uma perspectiva de época do Bronx, Manhattan, Brooklin e Queens. O elenco conta com aparições de Afrika Bambaataa (dispensa apresentações), o DJ Jazzy Jay, Doug E. Fresh (pioneiro do beat box), Bernard Folwer (músico), o Dj Kool Herc, as cantoras Wanda Dee e Benda K. Starr e outros personagens e outros grupos, atuando como “eles mesmos”.

Além de altas performances de dança, o grafiti é um elemento com destaque neste enredo. Vale conferir!

 

Cenas de Beat Street (1984)

 

Por último, mas não na ordem de importância, a indicação que deixamos para o final é para fechar com chave de ouro! O aguardado #top5classicodobreak fica com aquele que foi considerado o primeiro filme sobre hip hop, chamado Wild Style (Estilo Selvagem, na tradução livre) lançado em 1982 nos EUA e distribuído posteriormente, em 1983, para a Europa.

A trama surge em torno de Zoro, pseudônimo de um jovem grafiteiro chamado Ray (interpretado pelo também grafiteiro porto-riquenho George Lee Quiñones). O jovem precisa desviar das críticas e dos diversos dilemas que surgem para legitimar sua arte e colocá-la em evidência, pois não quer que ela perca suas raízes.

Durante a narrativa, surgem naturalmente várias intersecções entre música, arte visual e dança, na cultura hip hop. Embora a trama seja fictícia, muitos elementos e personagens são “de verdade”, assim como a trajetória e os conflitos que a cultura geraria ao se expandir do gueto para outras esferas consumidoras de arte.

 

Cena de Wild Stile (1982)

Agora que já falamos sobre algumas indicações marcantes do passado, bora para uma seleção de um tempo a frente, porém não muito distante?

 

TOP 5 FILMES CONTEMPORÂNEOS COM DANÇA DE RUA

 

O #top1newbreak da nossa lista foi lançado em 2007 e se chama “Stomp the Yard” traduzido como “O poder do ritmo”. Narra a história de Darnell James (interpretado pelo ator e coreógrafo Columbus Short) que é um dançarino de rua em Los Angeles.

O rapaz se vê envolvido numa grande confusão com uma equipe rival, que resulta em agressões, e tem a morte de seu irmão como grave consequência. Por causa disso, o protagonista é enviado para Atlanta e ingressa numa Universidade para afrodescendentes (existente antes do ato dos direitos civis de 1964).

Lá ele vai encontrar desafios, pessoas (uma delas a Meagan Good) e novas oportunidades. Vale assistir tanto pela dança, quanto pela história. E ah, tem romance também!

 

Cena de O poder do ritmo. Columbus Short e Meagan Good  (2007)

 

“You Got Served”, de 2004, ou “Você foi servido” (tradução literal) é o filme #top2breakcontemporâneos. O drama se passa em Los Angeles, Califórnia, envolvendo altos e baixos de rapazes que moram no subúrbio, entregam drogas e realizam combates de dança envolvendo dinheiro. A maioria das músicas é da boyband americana B2K, mas há outros artistas envolvidos.

 

Batalha de dança no filme You Got Served (2004)

 

Como sentimos falta de uma mulher protagonista representando a cena do break, o #top3assisteedança ficou para o filme “How she move” traduzido para o português como “Como ela dança”, de 2008. A produção não recebeu muita atenção da crítica, mas Rutina Wesley é a nossa mocinha do filme, por quem a gente torce durante toda a trama. A nossa personagem central é estudiosa, inteligente, dedicada e está numa luta incessante para desenvolver seus talentos.

A forma que ela achou de proteger dos perigos do entorno e não ter o mesmo destino que sua irmã, foi se envolver com os estudos. Mas, seu alto desempenho nos estudos não é suficiente para que ela possa prosseguir, caso não encontre uma forma alternativa de juntar dinheiro. Onde entra a dança nisso tudo?

Bem, corre procurar o filme para descobrir! No elenco, vemos o ator canadense Cle Bennett e Tre Armstrong, com direção de Ian Iqbal Rashid e o roteiro de Annmarie Morais.

 
Novos Filmes de Dança.

 

Cena de Como ela dança (2008)

 

Step Sisters é uma comédia lançada em 2018 e que está disponível na Netflix, trazendo outra protagonista maravilhosa e muito bem encaixada no papel, e vai ocupar o #top4filmeprariredançarjunto. Este filme tem a direção de Charles Stone III, que colocou Megalyn Echikunwoke na personagem de uma garota negra chamada Jamilah.

Jamillah é uma jovem esforçada e talentosa, mas que ainda assim foi condicionada a aceitar o desafio de ensinar streetdance para garotas brancas, dentro da irmandade branca, como condição para prosseguir com seus objetivos de estudar em Harvard.

O filme é uma comédia bem leve, saindo um pouco da atmosfera do drama que apareceu algumas vezes por aqui em nossa seleção. É para se divertir! Vale a pena se você quer se empolgar na dança, aprender algum passo com a professora Jamilah e de quebra dar umas risadas.

 

 

Cenas de dança de Step Sisters (2018) da Netflix.

 

O último filme escolhido para o #top5breakmoviehype tem um dos mais atuais assuntos no roteiro. E por isso, foi deixado para o americano “Breaking Through - No ritmo do coração”. O filme foi lançado em 2015 e está disponível na Netflix! Óbvio que vamos encher a bola do filme, ainda mais porque ele conta com as nossas brasileiríssimas Bruna Marquezine e Anitta (uma das donas do funk carioca) como participações especiais.

O enredo traz uma garota que sonha com a possibilidade de se tornar uma celebridade da dança (Sophia Aguiar). Ela conhece a fama de forma instantânea, a partir da viralização de seus vídeos nas plataformas de compartilhamento. Com o deslumbramento, vem também a questão de conciliar sua nova vida pública com sua vida pessoal. Bem atual, não? Se ainda não viu, confere o trailer, clicando aqui! O grupo Sato, postou a coreografia oficial da música Legs, de Chuck Inglish, e ainda convidou o público a dançar como elenco de Breaking Through. Sophia, na vida real, é lead dancer da Beyoncé e Britney Spears, então a dança é garantida!

 

Breaking Through - No ritmo do coração (Netflix, 2015)

 

Se você deseja saber mais sobre essas manifestações artísticas e culturais, sobre o break, grafite, a dança de rua, venha ler nossas abordagens sobre o Movimento Hip Hop.

É só clicar logo ali e conferir um pouco mais sobre essas preciosidades abordadas pelo blog Agrafisil. Você encontra muita informação legal no post Hip Hop – Significado Ideias Cultura Urbana, Arte Grafite e Pichação, e algumas modalidades de Dança de Rua.

  

Mais indicações: DOCUMENTÁRIOS

 

Se o negócio é saber mais dados concretos, sem fição ou romance, e você gosta mesmo de documentários, confere alguns títulos interessantes que deixamos listados, e que não podem faltar no seu currículo de #breakelover:

 

Lista de documentários

 

Breakin´ and Enterin (Alemanha - 1983)

That´s dancing (EUA - 1985)

Freshest Kids (EUA - 2002)

From Mambo to HipHop (EUA - 2006)

Turn it to loose (África do Sul - 2007)

Planet B-Boy (Global - 2007)

Boucing Cats (Uganda - 2010)

B-boy for life (Guatemala – 2012)

 

Dizem que “Quem canta seus males espanta”. Se dançar junto ‘dá bom”, então?

 

Referências

 

Breakdancing movie ranking https://www.ranker.com/list/breakdancing-movies/ranker-film

HD Retro Trailers Rappin https://www.youtube.com/watch?v=Es3GNuhNCYk

IMDB https://www.imdb.com/title/tt0087134/plotsummary?ref_=tt_ov_pl

Sato Company https://www.youtube.com/watch?v=TfOt23lEaaM

Filmow Como ela dança https://filmow.com/como-ela-danca-t4694/

Site da Red Bull https://www.redbull.com/br-pt/6-documentarios-de-break

Adoro Cinema https://www.adorocinema.com/filmes/filme-229583/

 

Sobre a loja

Loja de Roupas moda masculina e feminina estilo Rap, Hip Hop, Trap, Grafiti, hype, Streetwear online com ótimos preços roupas baratas moda high-end, fitness, esportiva, swag, plus size confira todos os nossos produtos: Bonés, camisetas, bermudas, calças, shorts, Tops, croppeds, Moletons, Tênis, Tendências sempre com novidades.

Pague com
  • Pix
  • PagSeguro V2
Selos
  • Site Seguro

Agrafisil - CNPJ: 27.149.094/0001-11 © Todos os direitos reservados. 2022


Para continuar, informe seu e-mail

Utilizamos cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Para saber mais acesse nossa página de Política de Privacidade